Exit

Telas HD, Full HD, 4K, 8K – a tecnologia das telas evolui tão rápido que é difícil acompanhar. É amplamente divulgado pelas fabricantes que a resolução 4K é superior a Full HD e a 8K melhor que a 4K, mas poucas pessoas sabem o que todos esses nomes significam e se realmente fazem diferença no dia a dia.

Primeiro, é preciso entender o que é resolução. A resolução tem a ver com a quantidade de pixels, mas não está relacionada com o tamanho da tela. O tamanho da tela é medido em polegadas (2,54 cm) e se refere à distância entre o canto esquerdo inferior ao canto direito superior da tela – ou seja, a diagonal.

A resolução se refere à quantidade de pixels que uma tela tem. As telas são feitas de minúsculos pontos chamados pixels, que são o menor tamanho que uma imagem pode ter – cada pixel carrega uma única informação, uma única cor, que, junto com os outros pixels, forma a imagem que você vê na tela. Se você se aproximar da tela do computador ou do celular, talvez você enxergue pequenos quadradinhos – esses são os pixels. Eles são organizados em linhas horizontais e verticais, como uma tabela.

Quando falamos que uma tela tem resolução 1920 x 1080 (Full HD), quer dizer que ela possui 1920 pixels em uma linha (horizontal) e 1080 em uma coluna (vertical). O primeiro número sempre faz referência ao número de pixels no sentido horizontal e, o segundo, no sentido vertical.

Essa medida também é usada para medir a qualidade de fotos e vídeos: toda imagem digital é formada por pixels. Um vídeo de 1280 x 720, possui 1280 pixels na horizontal e 720 pixels na vertical. Se esse vídeo for transmitido em uma tela com resolução maior, a qualidade da imagem não irá mudar, pois o vídeo não tem mais detalhes para mostrar.

Densidade de pixels

Porém, é importante frisar que não há um tamanho padrão para pixels. É possível ter uma tela de 40 polegadas com resolução 1280 x 720 (HD) ou com resolução 1920 x 1080 (Full HD). Diferentes números de pixels distribuídos em uma tela do mesmo tamanho. Como cada pixel carrega uma informação, quanto mais pixels existirem, mais detalhada será a imagem, com mais informações e maior qualidade.

Cada vez mais, telas menores suportam maior quantidade de pixels. Smartphones com tela de 5.5 polegadas tem resolução de 1920 x 1080. Os pixels estão se tornando tão pequenos que o olho humano não consegue mais enxergá-los. As telas estão suportando uma maior densidade de pixels e, quanto maior a densidade de pixels, mais detalhada e realista é a imagem.

A densidade de pixels é especialmente importante para dispositivos que utilizamos perto do rosto – como smartphones e tablets. Na televisão, não costumamos perceber os pixels pois assistimos há uma distância considerável. Porém, em dispositivos móveis, é muito fácil perceber e se incomodar com os pequenos quadrinhos na tela.

Padrões de resolução

full hd resoluções tv 4k
Apesar de não haver tamanho de pixel padrão ou limite para quantidades de pixels, o mercado acabou criando padrões de resolução para vender seus produtos. Primeiro surgiu as telas com resolução HD, depois as Full HD e mais recentemente as 4K e 8K.

Resolução HD

Quando surgiram as telas de LCD, LED e Plasma, as fabricantes criaram um padrão de resolução de chamaram de High Definition (alta definição). Essa resolução apelidada de HD é de 1280 x 720 pixels, utilizada em telas widescreen (de proporção 16:9). Atualmente, é quase impossível encontrar um dispositivo com tela com resolução inferior a HD (a não ser que você vá atrás de televisões de tubo em um brick).

Essa resolução é bastante satisfatória, mas, comparando com as outras opções existentes no mercado, está se tornando obsoleta.

 

Leia também:

Como escolher o melhor sistema para Smart Tv e porque isso importa
TV curva ou de tela plana?
Devo comprar uma TV 4K?

Resolução Full HD

Logo em seguida do surgimento das TVs HD, apareceram as TV Full HD – outro nome criado pela indústria para vender mais aparelhos. Esta resolução oferece 1920 x 1080 pixels – uma imagem com mais qualidade e nitidez. Atualmente, a maioria das telas – televisões, computadores, celulares – são Full HD.

Panasonic - TC-32A400B



Philips - 43PFG5000/78



Samsung - UN48J6500AG



Philips - 55PFG5100-78



Estes são alguns modelos selecionados de TV com resolução Full HD e tela LED. O primeiro modelo é uma Panasonic de 32 polegadas, bem básica, ideal para quem busca o melhor custo benefício sem grandes exigências. A segunda opção é uma Philips de 43 polegadas, também um modelo de entrada. Em seguida, uma Samsung de 48 polegadas e uma Philips de 55 polegadas.

Resolução 2K

A resolução 2K é pouco conhecida, pois a indústria passou das telas Full HD direto para as 4K. Este é um padrão idealizado pelo DCI (Digital Cinema Initiative) que previa telas de 2048 x 1080 e chegou a fazer parte da primeira geração das telas de cinema digital. O “K” significa 1 mil unidades e faz referência ao fato de ter dois mil pixels na horizontal e ter duas vezes mais pixels que a Full HD.

Porém, como é pouco maior que a resolução Full HD, não temos muitos televisores e computadores com essa resolução e quase nenhum conteúdo de vídeo neste padrão.

Resolução 4K

Em 2014, os aparelhos com resoluções 4K (também conhecidos como Ultra HD ou UHDTV) entraram de vez no mercado. Este padrão oferece (quase) quatro vezes mais que a Full HD: 3840 x 2160. Uma imagem extremamente rica em detalhes.

É mais comum encontrar esta resolução em televisores grandes, com telas superiores a 50 polegadas. Além da questão técnica, é nestas grandes telas que esta quantidade de pixels faz diferença. Já se fala em smartphones com tela 4K, mas em telas pequenas, a diferença entre resolução Full HD e 4K não seria notável.

A maioria das televisões possuem proporção 16:9 (16 partes na horizontal para 9 na vertical), porém, algumas TVs 4K tem proporção 21:9 (21 partes na horizontal por 9 na vertical) e, portanto, tem resolução 5120 x 2160.
samsung-curva

Antes de comprar, vale a pena se perguntar: “TV 4K vale a pena?”. Então, a qualidade é inegavelmente superior e os preços estão baixando com rapidez, mas é preciso lembrar que ainda há pouco conteúdo em 4K disponível e os conteúdos Full HD são transmitido igualmente em um aparelho Full HD e em um 4K. O Netflix, Amazon Prime e Youtube já possuem conteúdos nesta resolução. Porém, a tendência é que isso mude rapidamente.

TVs 4K à venda:

Philips - 40PUG6300



Samsung - UN40KU6300G



Samsung - UN48JU6500G



Samsung - UN55JU6700G



LG - 65UG8700



Resolução 5K

Assim como a resolução 2K, a 5K não é muito conhecida. Essa denominação faz referência a resolução de 5120 x 2880 em uma proporção 16:9 – um pouco maior que a 4K comum. No final de 2014, surgiram alguns modelos com esta resolução como a linha de monitores de 27 polegadas Ultrasharp da Dell. Porém, a resolução não se popularizou e o mercado deve passar da 4K direto para a 8K.

Resolução 8K

A industria não demorou para superar a resolução 4K. Agora, começar a ser lançados os primeiros aparelhos com telas 8K: 7680 x 4320 pixels – cerca de 16 vezes mais pixels que a Full HD. Ainda são raros os aparelhos com esta resolução, além de ser muito caros. Além disso, esta resolução só faz diferença em uma tela com mais de 80 polegadas e praticamente não existe conteúdo (vídeos) com está resolução. Ou seja, não adianta comprar um televisor 8K para assistir programas em resolução Full HD nele.

Porém, aos poucos, isso deve mudar e a resolução 8K deve ganhar o mercado de televisão e o cinema, assim como as produtoras de conteúdo devem começar a produzir conteúdos nesse resolução.

Resolução tão alta é necessária?

A resolução do olho humano é de 1/60, um minuto de grau ou 0,00029 radianos. Isso quer dizer que o ser humano só distingue dois pontos se eles estiverem separados por um ângulo de pelo menos 1 minuto de grau. Ou seja, o olho humano consegue perceber dois pontos diferentes (e dois pixels) dependendo da distância que está do objeto (e da tela). Assim como só percebemos dois faróis de carros (ao invés de um único ponto luminoso) a cerca de 3 km de distância, conseguimos perceber dois pixels separados por 0,1 mm a uma distância de 25 cm da tela.

Um artigo publicado no IBM Journal, explica que a capacidade de visão do olho humano de 300 DPI (densidade de pixels) ou seja, 300 pontos a cada 25,4mm ou 1 ponto a cada 0,1 mm. Mesmo que a indústria seja capaz de inserir mais pixels, cada vez menores, nas nossas telas, o ser humano não será capaz de enxergar. Se uma tela tiver dois pixels separados por 0.05 mm, não seremos capaz de perceber a diferença a uma distancia de 25 cm da tela.

Ou seja, uma resolução alta, como 4K ou 8K vai fazer diferença e valer a pena dependendo do tamanho da tela (e da densidade de pixels) e da distância da qual se assiste. Para ter certeza de qual modelo e resolução escolher, você pode usar o assistente de compras Shoptutor, que calcula qual o tamanho ideal de tela para você não enxergar pixels a uma determinada distância.

Encontre sua TV nova!

Se você quer entender mais sobre a capacidade da visão humana, confira o vídeo abaixo (em inglês):

Deixe Seus Comentários Abaixo

Close
Go top